Com a chegada do outono todo mundo já começa a pensar nos looks de inverno, sempre em cores sóbrias e fechadas. Masss, saibam que nem só de preto e cinza é feita essa estação, meus amores! A combinação de rosa e vermelho vem com tudo no inverno de 2017, deixando a estação bem mais alegre.

Para as mais ousadas, essa combinação não causa tanto estranhamento. Mas, caso tenha lá suas dúvidas, para tornar o look bem atual você pode apostar em peças elegantes, em alfaiataria e em outros materiais que estão em alta no momento, como couro ou vinil. Uma de minhas peças preferidas para montar esse combo é, sem dúvidas, a camisa listradinha, feita em tricoline. É chique, confortável e permite muitas variações.

Esse look de Thássia, com duas peças em alfaiataria, ficou super elegante!

Eu sou completamente obcecada por esse look com surra de rosa!
A saia midi rodada deixa o look com cara de anos 50, muito romântico e girly.

Sarah Jéssica Parker é sinônimo de bom gosto no mundo inteiro! Vejam como a calça de alfaiataria deixa o visual super elegante! Para as pessoas que trabalham em um ambiente moderno e criativo, esse é um look super apropriado para um dia que você quer impressionar, sem ficar inadequada.


Eu sei que muita gente torce o nariz pra essa combinação. Mas, calma! Você não precisa trazer a tendência de uma forma tão literal para a vida real. Pode começar brincando com alguns detalhes em seu look, vejamos:

Uma boa combinação é uma peça vermelha, como uma saia + um acessório rosa: ou um sapato ou uma bolsa.

Nesse caso a saia rosa foi combinada com pequenos detalhes vermelhos espalhados pelo look.
Essa combinação é delicada e moderna ao mesmo tempo, com um toque de militarismo dado pela parka verde. Não tenham medo de misturar as cores e tendências, gente!

Look bem ladylike para as meninas delicadas!


E aí, meninas? Curtem esse combo de rosa+vermelho?!



Beeeeeeijos!



Vamos falar um pouco de história da moda (amo) ?! Pra quem não sabe, o  vinil foi um grande hit nos anos 60, época de uma moda revolucionária que buscava a liberdade de expressar a personalidade de cada um. Embalados pelo ritmo do Rock'n'roll, os jovens queriam desafiar limites e vestir-se com uma certa rebeldia. Assim, nesse cenário, o vinil passa a aparecer tanto em roupas femininas como nos acessórios masculinos.

A Icônica Twiggy
Brigitte Bardot

Bem, eis que agora, no inverno de 2017, o vinil volta com força TOTAL, aparecendo tanto em roupas como em sapatos femininos!
Botas Dior
Bouchra Jarrar
Alexandre Vauthier

Confesso pra vocês que eu amo o material. Acho moderno, ousado e, por isso, precisa ser usado com um pouco de cautela. Afinal, você não quer sair por aí parecendo um astronauta não é mesmo?!

Além disso, saibam que um vinil bem feito e durável custa mais caro. Assim, caso vejam peças baratinhas nesse material, tenham em mente que elas não irão durar muito, ok?! Vale a pena analisar o preço de cada peça e pesar sua vontade de seguir essa tendência!

Agora, vamos nos inspirar em looks lindos??

Thassinha usando uma saia midi de vinil. Achei linda, mas percebam que isso engorda que é uma beleza... Eu passo essa modelagem por motivos de: quadril largo.

Calças de vinil! Ahhh, essa é uma peça muito moderna, para as mais ousadas. Minha única preocupação é andar e fazer aquele barulho "nhec nhec..." (vocês entenderam vai).
Com sapatos mais clássicos ou botas tratoradas, a calça de vinil cai muito bem  e garante o txán do look. Percebam que Gisele combina sua calça preta com um moletom cinza mescla. Look super real e fácil de copiar!
Agora, minha peça preferida em vinil: a saia mais curtinha e em corte reto ou, ainda, em "A". Esse formato valoriza mais o corpo da brasileira e é super fácil de combinar. Já quero usar assim com a meia arrastão!
Com camisa jeans ou moletom S2

Uma midi de vinil em corte reto+fenda (o que deve deixar a saia bem mais confortável). Taí uma peça do poder! Pode usar quando quiser causar!


E aí, vai apostar nessa trend futurista?





Beeeeeeeijos!!

Pois é, meus amores... O carnaval já se foi deixando saudades e, também, sequelas capilares nada agradáveis. Bem, dramas à parte, não importa se você tem cabelo curto ou comprido, com química ou sem química pois, com certeza, suas madeixas devem ter sofrido com o calor que rolou nesse carnaval. 

O sal contido em nosso suor resseca, e muito, os fios. Além disso, a necessidade de lavar os cabelos todos os dias da folia provoca um ressecamento ainda maior e tira a oleosidade natural dos fios. Ah, e pra completar o combo do cabelo palha, o sol agride demais nossos cabelos. Ufa! Mas, passados os dias de festa, o que podemos fazer pra recuperar urgentemente os danos causados?!



Se liga aí nas 5 dicas do sucesso:

1- Lave o cabelo com menos frequência
O ideal é lavar dia sim, dia não, para não retirar a oleosidade natural do couro cabeludo. Como você já lavou os cabelos todos os dias do carnaval, dê um descanso para os fios e deixe o couro cabeludo recuperar a oleosidade natural e necessária.

2- Evite fontes de calor como secador chapinha e babyliss

Tenho certeza que você quis sair linda e escovada todos os dias do carnaval, hein? Até as cacheadas devem ter feito uso do difusor para agilizar o processo de secar o cabelo antes de se jogar nas ladeiras de Olinda. Pensando nisso, dê uma trégua ao picumã! Use o mínimo de calor possível para deixar seus cabelos se recuperarem dessa exposição excessiva.

3-Monte seu cronograma capilar
O ideal é que nessa semana você faça 2 hidratações e 1 nutrição. Seu cabelo precisa repôr água (muita água). Assim, uma boa hidratação, seja feita no salão ou em casa, é essencial nesse momento. Se você tem preguiça de fazer o cronograma capilar, programe, ao menos, as duas próximas semanas para tratar de seu cabelo da forma correta.

4-Faça uma umectação noturna

Se puder, reserve o dia da nutrição para fazer uma umectação noturna. Sabe o óleo de coco (extra virgem, tá?) que todo mundo usa?! Espalhe pelo cabelo massageando os fios e o couro cabeludo, faça uma trança folgada e vá dormir. O óleo vai agir durante a noite e vai recuperar a oleosidade boa de seu cabelo. A umectação noturna diminui o frizz e ajuda as cacheadas a definirem seus cachos :)

5- Não faça uma reconstrução logo de cara!
Para alguns fios, agora não é um bom momento para fazer uma reconstrução. Por isso, prefira fazer a reconstrução na segunda ou terceira semana do mês, quando seu cabelo já estiver mais hidratado e recuperado. Pra quem não sabe a diferença entre hidratação, nutrição e reconstrução vale a pena dar uma olhada nesse post aqui.



É isso gente, partiu recuperar esse cabelón!



Beeeeeeijos!

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *