Muita gente tem me perguntando ainda em meu instagram (segue lá: @caroline.salles), inclusive por direct, como foi a experiência de trabalhar no show dos Backstreet boys, o que eu estava fazendo lá, como consegui, se os meninos são legais, e diversas outras perguntas. Não ia fazer esse post, mas, já que tanta gente tem me perguntado, contarei um pouco da experiência por aqui.



Bem, o show aconteceu dia 06 de junho desse ano e eu já estava com o ingresso comprado quando fiquei sabendo por uma amiga (love u forever ceci!) que a produtora do show precisava de alguém fluente em inglês e que tivesse noções de costura, para realizar alguns ajustes no figurino. Teria que ser alguém de confiança também, afinal eles são super rígidos com essa história de tirar fotos dos bastidores. Assim, fomos Cecília e eu as indicadas pela produtora.



Quando recebemos a confirmação de que trabalharíamos no shows, vendemos os ingressos e nos preparamos psicologicamente kkkkkk. Gente, eu sou MUITO fã dos meninos, sempre fui! Mas, como estava trabalhando, tinha que manter a postura neh?



Look no Wardrobe antes de começar a loucura




Palco sendo montado



Instrumentos de trabalho ainda arrumadinhos 



A experiência nos bastidores foi incrível! Foi muito bom ver como um show desse porte é montado e como muitos detalhes são levados em consideração na hora de deixar o figurino todo montado. Ah, e a correria é grande hein?Nada de moleza! Costurei roupá? Sim. Arrumei roupa em cabide em sequência pra ficar fácil na hora deles vestirem? Também! O steamer, por sinal, foi meu melhor amigo na hora de ajeitar o primeiro look do show, esse azul logo abaixo:

Fonte: Diário de Pernambuco


 Os imprevistos também não param de acontecer. Por exemplo: faltando 10 minutos para entrar no palco, AJ apareceu no wardrobe com o botão da camisa caindo. Tive que costurar correndo, o que não é nada absurdo mas, quando a mão treme, aí você se fura assim.. umas 5 vezes pelo menos!

Ceci na labuta hahaha

E eu também!

Wardrobe já na loucura

Quanto aos meninos, todos são muito educados! Quando chegaram, todos eles perguntavam nossos nomes, se apresentavam e agradeciam pela ajuda. Nick foi o único, inclusive, que fez questão de nos cumprimentar com um abraço ao invés de aperto de mão. 

Nick Carter e eu

O AJ é sem dúvidas o mais extrovertido! Chegou logo dizendo que tinha adorado meus tênis, fez graça quando tirei os óculos para tirar foto com ele, e era sempre muito gentil com a Tierney, americana que comandava os trabalhos do Wardrobe e viaja na turnê com os BSB. Ah, o AJ também foi o único pra quem tive coragem de dizer "Sou sua fã desde que eu tinha 11 anos" e ele respondeu "Oh, thats so nice! Thank you so much, really!"

Eu e AJ

Além disso perdemos as contas de quantas vezes ensinamos a eles como se falava palavras como "Recife" e frases como "Boa noite e eu amo vocês" para que eles dissessem no show. Gente, sério... eles entravam um de cada vez perguntando como falar em português, enquanto os outros andavam pra um lado e pro outro no corredor, muito agitados. Uns riam alto, outros cantavam a palavra "Recife" pra decorar a pronúncia, era uma agitação só! Brian chegou com uma lista de frases para aprender como falar kkkkkk!


Eu, Tierney e Ceci.

Quando o show começou pudemos assistir tudo de cima do palco, na lateral onde ficavam os instrumentos para o momento acústico do show. Foi uma experiência, sem dúvidas incrível!

Crachá do setor

Paleta que ganhei da produção gringa


Lateral do palco, de onde assisti o show

Fim de show: morta and acabada

Enfim gente, terminei o dia esgotada, furei os dedos várias vezes, perdi as contas de quantas agulhas eu perdi, e ainda deu pra chorar escondidinha quando fiquei sozinha na sala depois de conhecer Nick Carter (sim, ele sempre foi meu preferido). AJ sempre foi meu segundo preferido e sim eu também chorei depois de conhecê-lo, só que aí foi na frente de todo mundo mesmo kkkkk. Fala sério gente, os caras do pôster do meu quarto de adolescente estavam ali, na minha frente conversando!

Fonte: Diário de Pernambuco

Por fim, só posso dizer que a experiência foi surreal! Nunca agradecerei suficiente a Cecília e Joana por confiarem na minha capacidade de realizar o trabalho, e ao cara lá de cima que me proporcionou esse momento único de conhecer meus ídolos.

Espero que tenham gostado desse pequeno relato de uma BSB maníaca!

Beeeeijos!



4 Comentários

  1. Nossa que fantástico! Eu também sou super fã... Deve ter sido um sonho ver eles tão de pertinho! Sortuda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi um sonho realizado, priscila :) As vezes nem acredito kkkkkkkkk. Beijos!!!

      Excluir
  2. Nossa que sonho que vcs tiveram e que foi realizado.. Lindoooo..
    AJ então ..nossaaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi um dia mágico mesmo kkkkkkk Até hoje não acredito que isso aconteceu hahaha. Beijos!

      Excluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *